A confecção dos enxovais de bebês feitos pelo Grupo Fraterno Maria Angélica requer mais doações e novas voluntárias, explica Marizete Lourenço, Vice-Presidente do Grupo Espírita Fraternidade de Maria (Geframa). “Estamos abertas para quem quiser nos auxiliar com entrega de materiais como pequenas banheiras e também para incorporar mais trabalhadoras”.

Hoje, o Grupo conta com doze voluntárias. Na prática, são elas que têm comprado todos os itens para montar os enxovais. Mensalmente, têm compromisso de entregar seis kits ao Recanto Bezerra de Menezes, no Gama.

Outros enxovais são distribuídos para pessoas carentes do Guará. Para a confecção, elas contam com cinco máquinas de costura. “Todas estão funcionamento bem, portanto, temos condições de contar com mais pessoas nessa atividade”, reforça Gilvanita Ferreira de Oliveira, Presidente do Geframa.

O Grupo se reúne há dois anos sempre aos domingos pela manhã, em uma sala do Geframa onde estão as máquinas de costura. “Esse projeto é adequado para aquelas pessoas que tem vocação e interesse de ajudar a comunidade”, argumenta Gilvanita de Oliveira.

Onde ajudar:

Grupo Espírita Fraternidade de Maria
QE 38, Área Especial 6
Guará II – Brasília – DF